Surto de Covid entre participantes obrigou Telefe a mudar dinâmica do MasterChef Celebrity



Os casos de Covid-19 aumentaram consideravelmente no mundo todo por causa da chegada da variante Ômicron e na Argentina não foi diferente. O vírus afetou o cronograma MasterChef Celebrity e obrigou a Telefe a mudar a dinâmica do reality por causa dos contaminados. Cinco participantes testaram positivo para a doença durante as gravações, dos quais quatro participariam da prova de eliminação que iria ao ar no último domingo. Não restou alternativa a produção, a não ser adiar a etapa decisiva em uma semana, com exibição na TV no próximo domingo, até que todos pudessem se recuperar. Cabe destacar que a frente de gravações da atração é de 15 dias.

Como solução, a competição está na "Semana de Ouro", como a emissora intitulou, e que consiste em ganhar benefícios para a semana seguinte, sem ninguém correndo risco de ser eliminado. A dinâmica irá até amanhã e a cada dia, o participante com o pior prato está sendo eliminado e perde a chance de ganhar os benefícios.


Começaram competindo sete participantes: Tomás Fonzi (ator), Joaquín Levinton (cantor), Mica Viciconte (influencer), Mery del Cerro (atriz), Paulo Kablan (jornalista), Denise Dumas (apresentadora) e Catherine Fulop (atriz).

Já os contaminados foram: Paula “La Peque” Pareto (esportista), Luisa Albioni (atriz), Ernestina Pais (jornalista) e Juariu (influencer) e Malena Guinzburg (atriz). A produtora percebeu que as gravações diárias de oito horas, que também inclui aulas de culinárias, foi fundamental para a disseminação do vírus entre os concorrentes. .

No início do ano Joaquín Levinton, Denise Dumas e Mery del Cerro contraíram a doença, mas não afetaram a logística do reality, que continuou com participantes substitutos, como é o comum nessas situações, mas que não foi possível dessa vez.

Segundo a mídia argentina, o MasterChef Celebrity 3 foi esticado até abril, o que totalizaria cinco meses no ar com edições diárias. Algumas estratégias foram usadas para o esticamento da edição: repescagem com a volta de três participantes, os jurados decidirem não eliminar ninguém de surpresa e até participantes substitutas virando fixas, somando mais duas ao elenco. Não a toa, o reality começou com 17 participantes e três meses depois ainda conta com 12 concorrentes na disputa. Ironicamente, a bagunça ocasionada pelo coronavírus também colaborará para deixar a atração comandada por Santiago del Moro mais uma semana no ar.